Crie seu próprio Site Grátis! Templates em HTML5 e Flash, Galerias em 2D e 3D, Widgets, Publicação do Site e muito mais!
 PROVIDOS PARA 2012! O SÉTIMO SELO.
nation2.com  


És guerreiro?
Irás unir-se em súplica p/apressar Vinda de Jesus?
SIM
NÃO
ESP.MANIFESTAÇÃO VATICANO
Ver Resultados




ONLINE
1






Jesus o profeta dos profetas.

Jesus o rei dos reis.

Jesus o Livro da Vida!

Jesus, Filho do Homem que adquiriu perante ao Pai Criador as Nações e Povos da Terra como herança, direito decorrente de sua plena obediência.

        Vossa Santidade, caso cause escândalo marcar às 15hs na sexta feira da Paixão, para suplicarmos a vinda do nosso Deus em poder e glória; dirás aos cegos e duros de coração: O que tem a palha com o trigo? Escutai e compreenda alguém esta dizendo: Clamai e Suplicai a Vinda do Senhor! E tu perguntas por que devo clamar? Ora, toda carne é erva verde, e toda a sua benevolência é igual à flor do campo. Secou-se a erva verde, murchou a flor, porque soprou sobre ela o próprio Espírito do Senhor. Decerto as pessoas são erva verdes. Secou-se a erva verde, murchou-se a flor, mas, quanto à palavra de nosso Deus, ela durará por tempo indefinido. Is 40, 6-8. Quanto à palha e o trigo? Ambas queimam ao calor do sol, mas a palavra do nosso Deus subsiste para sempre: Então a glória de Deus há de revelar-se e toda carne, de uma só vez, o verá, pois a boca de Deus o afirmou. Is. 40, 5.

Numa dessas noites não lembro a época ou a idade que tinha exatamente, tive um sonho estranho, o qual em muitos momentos e situações da minha vida vem à memória.  Recordo que quando eu acordei a mãe chegou ao quarto instantes depois e pediu para que eu lhe contasse o meu sonho, acho que ambas tivemos o mesmo sonho (não sei) nunca mais falamos sobre o assunto. Eu sequer me lembro de como descrevi o sonho para ela ou se cheguei a descrever. O que eu posso dizer é que embora tenham se passado uns bons trinta e oito anos eu sinto todas as sensações repetindo-se em minha mente quando tento lembrar os detalhes daquele momento, tão breve, mas marcante.

           Vou ser o mais fiel possível ao que vi:

        Saí por uma porta de um lugar que não sei especificar, caminho poucos passos, meus joelhos se dobram sem o meu comando e sem pensar em ajoelhar; eles se dobraram de súbito, mas ao tocarem no chão não senti dor, apenas o leve toque ao encostarem-se com o chão. Minha cabeça ficta para baixo, meus olhos fecham-se, não ousei abri-los, senti quando as pálpebras se tocaram, mas, estranhamente continuei a enxergar, neste instante não sentia nada, havia ausência de sensação e de pensamentos.

           Na minha frente havia grande multidão, não virei o corpo para os lados nem para trás, mas senti a presença de “muitos”, vou dizer o que me sinto inspirada a dizer neste momento: senti a presença de toda a humanidade (os que já passaram e os do presente e pela posição das cabeças estavam “todos” ajoelhados).

        Inicialmente tudo estava meio cinza embora uma luz branca aproximava-se por cima (não ousei levantar a cabeça para ver do que se tratava, talvez fosse noite e havia uma espécie de neblina). Parecia que saia fumaça de nossos corpos, sentia que algo escuro saia de mim como que extraído, puxado. Porém não me deixando vazia ao contrário só me tirava o peso. Na medida em que aquilo saia do meu corpo eu ficava como que mais consciente, mais viva, realmente não há como descrever...  Depois que a luz ficou próxima, nada mais de escuro saiu do meu corpo.

A luz era tão forte que como ultrapassava o corpo, mas não queimava, senti tanta alegria e paz, uma sensação de liberdade. Posso errar em descrever e narrar o que realmente senti: essa luz tinha poder sob o meu ser tanto o físico como o espírito, dominava o meu ser era tudo: felicidade e paz, não ousava em levantar meus os olhos. Entretanto vi o vulto de um Homem de branco resplandecente, em meio a outros acima de nós (como que flutuavam e eram translúcidos) e Ele lentamente abre seus braços em posição de cruz como quem vai abraçar “muitos”. E neste ponto acaba o sonho.

Ao acordar meio que dormindo, ouvi: - “dirás aos homens: que, teu nome vem de dor e está escrito numa carta branca que caiu do céu!”.

(*) Este sonho teve algumas coisas diferentes dos sonhos normais:

a) vi como que em olhos que não fossem meus;

b) a sensação de realidade;

c) senti tratar-se de algo de grande importância;

d) ao acordar as paredes do meu quarto estalavam muito, na ocasião morávamos em uma casa de madeira;

e) o interesse pelo sonho por minha mãe, como ela sabia que eu havia sonhado, ora sonhos sempre temos...

f) logo ao despertar senti um perfume doce, suave exalado como que da alegria que ainda podia sentir.

Hoje décadas depois, essa recordação me afirma a dizer: “TODO O JOELHO SE DOBRARÁ”, voluntariamente!

“TODO O JOELHO SE DOBRARÁ!” Por submissão a Deus? Por reconhecimento da sua grandiosidade ou da sua condição de Deus? Não, nada disso, pois sequer fluirão pensamentos ou sentimentos para deduções. “TODO O JOELHO SE DOBRARÁ!” Porque somos dele, criados por ele. O corpo físico e espiritual se dobrará por estar diante do seu criador, num saber que está em nós, porém, como que escondido, adormecido!

A luz transpassará os corpos para torná-los translúcidos e retirar as trevas.

A Luz aproximar-se-á aos poucos para adaptação e transformação do espírito e do corpo para suportar a presença do Rei e sua Corte.

O que vi é real, quando vai acontecer? Não sei. Poderá ser em 2.012? Há fortes indícios, que sim!

Vou explicar as emoções que ainda hoje posso sentir com as seguintes comparações: Será como um cachorrinho que dias sem ver seu dono, sente sua chegada a quadras de distância; pula e late de alegria e, finalmente junto ao dono se perde em agrados. Poderia ainda comparar a um bebê de peito que horas longe de sua mãe, a um suspiro dela na porta já chora fazendo manha para ela segurá-lo e finalmente em seus braços da uma grande risada. Ou, melhor ainda, depois da mais longa caminha finalmente chega-se num destino que é só teu, chega-se em casa e uma tranqüilidade, alegria e paz invade o peito.

É uma saudade que sempre existiu embora inconsciente; é uma nostalgia reprimida, é a ânsia do céu que está no coração de cada filho do Criador.

Posso afirmar que aquele “homem” figura central e exuberante que brilhava mais que o sol é Jesus Cristo Glorioso: pelo abrir dos braços e o formato de cruz que se formou!

Cabe referir que, talvez tenha fechado os olhos por um remoto reflexo de medo (?), não sei (!), mas não senti medo, nada. Parecia um vácuo, ausência de sensação e pensamentos. O que me fez agir “ajoelhar e fechar os olhos”? Não sei, era eu, apenas com impulsos e reflexos, seja assim a melhor forma em descrever. A visão que tinha não parecia situada na cabeça (olhos), mas em cada poro do meu corpo.

Uma vontade de agradecer, publicamente, fato que ainda não fiz... Obrigada, Pai Criador, Filho Redentor e Espírito Santo que me proporcionaram esta visão... Glória ao Deus de Misericórdia. Obrigada.

Esse foi o primeiro “sonho” que tive, não havia sequer começado a estudar e também não possuía a razão do que poderia se tratar. Não entendi nada, mas a sensação foi tão boa que em muitas situações tristes eu gostava de lembrar, por que uma paz e alegria invadiam meu ser.

Quem sou eu? Um nome que vem da dor... Sim todos os que hoje vivem são da geração das guerras, da violência e das diferenças; não importa o local do mundo somos a geração das dúvidas, receios e angústias. É só ver os índices de estressados e suicidas.

Entretanto tudo isso vai passar... Eu vi o que virá... A Glória de Deus virá, os joelhos se dobrarão na presença da felicidade eterna, minha alma anseia por este momento... Obrigada! Pelos breves instantes de vislumbramento do nosso destino, quando o céu encostar a terra. Oh! Como gostaria que todos vissem o que eu vi o nosso único futuro, muito mais certo do que a morte!

Desculpem mas jamais poderei negar o que vi, e digo: Não distingui nesta visão: Moisés, Maomé, Buda, São Paulo, São Francisco, João Paulo II, Anjos, Nossa Senhora... Provavelmente estivessem. Apenas sei que havia outros, mas não deu para distinguir.  O que se destacou é a figura central e, sei é Jesus Cristo!

Sua luz transpassa todas as coisas.

O que fará os joelhos dobrarem? É a mesma força e mistério que faz nosso coração bater.

            Deus através desse sonho ou visão, pouco importa o termo, entregou-me o único motivo pelo qual vale apena ter coragem, sei que demorei muito em assimilar essa lição. Não é tarde embora à hora já esteja adiantada. Coloco aqui o meu testemunho e arrisco-me, porque não posso mais procrastinar de compartilhar essa visão até mesmo como alimento e fôlego para tudo que hoje passamos. Muitas décadas se passaram desta visão, peço perdão a Deus e aos meus irmãos pela demora.

            Quando lembro esta visão penso: porque não falamos do nosso amor? Quantas vezes perdemos parentes próximos e nunca tivemos a coragem de dizer: eu ti amo! Quantas vezes deixamos ir embora pais, filhos e amigos, sem que nunca tenhamos dirigido um pedido de perdão por tão insignificantes mesquinharias. Somos todos iguais, somos filhos de um Criador, e deveríamos ser um, como Jesus é no Pai.

TOTAL  DE  VISITANTES: 

 

 

 

Situações Antagônicas

Fim de janeiro de 2008 assisti ao filme Apocalypto, ou traduzindo O apocalíptico produzido por Mel Gibson, durante esta noite acabei sonhando muito com as pirâmides onde as pessoas eram sacrificadas, decapitadas no caso.

Neste sonho delirante via muitas crianças pequenas tendo seu coração arrancado e repartido, aquilo apertou minha respiração, acordei suando. E novamente adormeci e como que fui conduzida para vários lugares do planeta e o anjo apontava lugares e sempre dizia a mesma coisa: ali esconderam o corpo (noutros corpos) de uma criança sacrificada seus pais jamais o acharão, houve vezes que falou que os próprios pais agiram. Cansada de ir a tantos lugares falei: - Estou exausta; o que queres revelar? Assim respondeu:

- “Deus ama o homem, jamais exigiria sacrifícios de morte humanos. E, Lúcifer não precisa de oferendas para favorecer o homem é o seu dever como anjo da luz; mas, pede sacrifício para aumentar sobre o homem o peso do pecado, agitando a terra que clama a Deus por reparação.

- As florestas são sacrificadas para a satisfação e progresso, na verdade a terra clama por sangue humano, mas também por todos os seres que são extintos em prol de luxurias, ganância e falso progresso.

- Deus perguntará por toda a vinha quando de sua volta e o que responderão?

- Deus se rejubila com o homem que livremente oferta aquilo que será repartido para o bem dos seus irmãos e em reparação dos males causados por seus próprios atos e os da humanidade. Os melhores sacrifícios ainda são os acompanhados de uma entrega espiritual, negando ao corpo os prazeres demasiados e renegando a luxúria. 

- O inimigo dos homens sabe que a terra reage a todo ato de morte, assim induz milhões ao pecado, porque anseia a destruição antes do retorno à terra do seu verdadeiro Rei. “O único sacrifício que retém as forças e Leis de purificação total é o sacrifício perpetuo do Filho do Homem.”

Passado dias já tinha até esquecido do sonho vi uma notícia sobre um homem liberiano que confessou que comeu corações de crianças em ritos de sacrifícios humanos para garantir vitórias em batalhas. Horror! Sim, fujo das notícias, mas elas seguem-me para dizer: não foi um sonho!

No aniversário da Paola neste ano recebemos uma visita inesperada. Lembro que comprei um bolo, salgadinhos e bebidas, era sábado. Foi ao centro comprar o presente, quando cheguei estavam ela, o noivo e uns amigos deles, havia uma alegria no ar, mas então todos sentiram um cheiro forte de rosas, e um arrepio percorreu minha espinha, pensei é a mãe. Emocionada disfarcei e sai para rua, e olhando no jardim lá estava um lindo botão de rosa, que até então não havia visto, isto em pleno mês de junho. À noite fui agradecer pessoalmente a Deus pela visita, na missa tive que secar diversas vezes o rosto. Obrigada Senhor, eu sei que somos eternos por ti.

Meses na metalúrgica senti que não estava no lugar certo, o dono aparecia sempre puxando assunto comigo e, todas às vezes falando muito mal dos funcionários e do próprio sócio. O limite chegou quando montaram todo um lote de peças errado, chamou o pessoal e iniciou um discurso com as seguintes palavras: - Por isso que tenho carros, tenho bens e sou empresário, vocês nunca passarão de simples empregadinhos porque nem para serviçais prestam, graças a esse erro neste mês receberão seus salários somente depois do dia dez do mês que vem! ...

Dias depois veio me falar quase no mesmo tom em relação a outro erro, disse: “- Pessoas burras jamais passarão de empregados por isso sou abençoado por Deus e estarei sempre crescendo, essa semana comprei mais um carro importado”. Então, abri minha boca sem pensar: “- Cuidado Sr. Danilo, Jesus diz que devemos adquirir bens que nem o tempo, traças, fogo, água ou ladrões possam nos tirar”. Respondeu: - Jabes tudo que tenho é graças a Jesus e Maria! – Neste exato momento, senti um fedor já conhecido de velhas visões: o fedor insuportável do enxofre exalando do corpo deste homem.

(*) Uma vez tinha visto o padre com olhos pretos e agora isso? Qual a verdade por trás deste cheiro? Qual a relação entre estas percepções? Conversando com velhos funcionários da metalúrgica descobri que este homem é legalmente um seguidor do mal, não falarei claramente por que não vem ao caso, o óbvio é que estes grupos colocam o seu “tudo” nos bens que possuem. Contaram-me que certa vez chutava uma máquina de tornear estragada e dizia: “Nada pode me derrotar porque sou um..........., estragaram a máquina a propósito, sou superior a essa gentinha, porque sou um ............. Sou ........... não existe fracasso na minha vida”.

Criar um Site Grátis    |    Crear una Página Web Gratis    |    Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net